segunda-feira , 16 janeiro 2017
jair2

Prefeita de João dias, RN aposta em políticas públicas efetivas para driblar crise e fazer município crescer

Prefeita Tássia - Foto: Léo Silva / O Umarizalense
Prefeita Tássia – Foto: Léo Silva / O Umarizalense

A prefeita do município de João Dias, Dra. Tássia Veríssimo (PSD) quer trabalhar, ao longo de sua gestão, para que a cidade volte a  crescer economicamente e em termos populacionais. Foi o que ela disse em entrevista nesta terça-feira, 10, ao O Umarizalense. Atualmente a cidade tem 2.693 habitantes, uma das menores do estado em termos populacionais.

De acordo com Tássia, para fazer com que a população da cidade volte a crescer, é preciso melhorar os acessos da cidade. Um dos projetos da prefeita é asfaltar a estrada que liga o município à Catolé do Rocha na Paraíba, que fica à 12 km. Outra estratégia da nova gestora é a implementação do turismo na cidade.

Tássia, filha do ex-prefeito de João Dias, Paulo de Tarso, falecido em 2015, falou sobre este e vários outros assuntos com o site. Acompanhe a seguir na íntegra a entrevista, a primeira de uma série com os novos prefeitos eleitos do Alto Oeste potiguar:

O Umarizalense: Tássia, é a primeira vez que assume um cargo político?

Tássia: Sim, primeira vez.

O Umarizalense: O resultado do pleito eleitoral de 2016 era esperado?

Tássia: Era esperado devido ao trabalho desenvolvido na cidade. Quando lançamos o nome já tínhamos a convicção devido a esse trabalho muito bom. O povo estava esperando a nossa vitória. As pessoas souberam reconhecer e nos deram ela.

O Umarizalense: Porque João Dias escolheu a senhora e não os projetos dos adversários?

Tássia: Eu acredito que João Dias escolheu a mim, primeiramente por ser filha de Paulo de Tarso, um grande líder político aqui nesta cidade que trabalhou durante muitos anos, com muito afinco e amor pelo povo; e sobretudo a mim que represento a renovação desse projeto. É a União da Experiência do meu pai com a força da minha juventude.

O Umarizalense: Seu pai foi uma grande liderança política em João Dias e região. Esse respaldo contribuiu para sua vitória?

Tássia: Sem dúvidas. Na verdade ele foi o grande baluarte da minha campanha. Foi o trabalho do meu pai que eu não posso negar nem deixar de expor. Um trabalho muito bonito.

O Umarizalense: Quais são as características marcantes que você via no seu pai e que pretende preservar no seu mandato?

Tássia: Acima de tudo a humildade, a forma que ele lidava com o povo. As pessoas eram muito ligadas a ele como pessoa, além de político. Além disso, a firmeza que ele tinha de expor os seus projetos, de tomar as suas decisões e a forma amorosa com que ele lidava com tudo isso. Ele sabia dizer um sim, sabia dizer um não, ele sabia onde falar e onde calar na hora certa. Com a convivência do meu pai eu aprendi muito nesses pequenos detalhes que ele tinha, principalmente humildade e firmeza com que ele tomava as decisões do dia-a-dia.

O Umarizalense: Foi uma campanha disputada? A população conseguiu compreender essa mensagem de continuidade?

Tássia: Foi uma campanha disputada em comparação ao que já éramos acostumados aqui em João Dias. Durante muito tempo foram candidatos únicos no período do meu pai e dessa vez tivemos adversário. Foram 3 candidatos que disputaram o pleito de 2016 e para nós que não estávamos acostumados foi uma disputa de verdade.

O Umarizalense: Qual o maior desafio da gestão? Dar sequência a um governo que vem dando certo ou enfrentar essa crise política que perpassa as contas públicas de prefeituras de todo país?

Tássia: Apesar do nosso projeto ser de continuidade, não tem como negar que o que era ontem não é mais hoje. A realidade que vivíamos anteriormente, inclusive na época do meu pai prefeito é completamente diferente da realidade que vivemos hoje. O projeto como eu falei é realmente de renovação. A gente, além de continuar com o que está sendo feito de bom, nós precisamos desenvolver um trabalho diante do quadro que estamos vivendo hoje no país. Temos que nos adequar a isso, procurar meios para que possamos fazer uma gestão eficiente.

O Umarizalense: Pagamento do funcionalismo. Muitos gestores têm feito malabarismo para não atrasar. Como está essa realidade aqui?

Tássia: Aqui em João Dias graças a Deus o prefeito conseguiu nos passar a prefeitura dentro do esperado, nos conformes e não estamos passando por essa dificuldade que temos visto nos outros municípios de salário atrasado, funcionalismo atrasado e é dessa forma que a gente tenta manter, sem encher tanto de funcionário sem que possamos pagar. Tem que manter uma qualidade de funcionamento e serviço, mas que a gente possa arcar com os custos sem que tenhamos que dever a ninguém.

O Umarizalense: Quais foram os principais projetos que a senhora apresentou em campanha e que pretende executar nos próximos anos?

Tássia: Como eu sou médica sempre foi minha bandeira de campanha cuidar muito bem da saúde do nosso munícipio, então os principais projetos de campanha foram justamente voltados para saúde. Promover uma saúde de qualidade, cuidar da saúde da mulher, da criança e do idoso de uma forma diferenciada, enfim, projetos voltados para a área da saúde e também da educação. Além desses, apresentamos projetos relacionados ao agricultor, devido à crise que a gente está passando no nosso município. A gente quer conseguir meios para que esse agricultor não sofra tanto devido a falta de chuva, para que eles possam desenvolver a agricultura, a criação que eles já são acostumados sem sofrerem tanto com a falta de água.

Graças a Deus nós fomos contemplados com a inauguração da adutora do Alto Oeste com a parceria do Governo do Estado e também do deputado Carlos Augusto Maia que lutou conosco para que a gente conseguisse trazer a ligação da autora para nossa cidade. A água já começou a jorrar pelas torneiras das casas dos moradores de João Dias e as caias d’águas da Operação Vertente. Além do mais, estamos ampliando a quantidade de pipas d’água para a abastecer a zona rural. Infelizmente não é possível levar a adutora para zona rural, mas estamos aumentando essa demanda de água para que eles não sofram tanto com a falta de água.

O Umarizalense: Como está a Câmara Municipal? Elegeu maioria, como está?

Tássia: Conseguimos, temos 6 dos 9. Conseguimos também eleger o presidente da câmara no último dia 1º. Estamos muito felizes com o resultado, com vereadores eleitos, vereadores que já tem um trabalho prestado, vereadores jovens e também com vontade de trabalhar.

O Umarizalense: Todos os anos a gente ver o martírio, podemos dizer assim, de vários prefeitos do RN, indo à Brasília em busca de deputados, senadores, de ajuda federal. A senhora pretende buscar o apoio. A senhora também pretende trilhar esse caminho?

Tássia: Sim, é mais que necessário. Sempre que precisarmos deles iremos correr atrás sim.

O Umarizalense: O que falta em João Dias que você pretende trabalhar para conquistar?

Tássia: Desde a fundação de João Dias até hoje nós não vemos muito a mudança de números de habitantes devido, eu acho, a cidade não ter ligação a nenhuma outra por ser a última. Uma luta que iremos enfrentar durante essa gestão é a construção do asfalto que liga João Dias à Paraíba, no caso a cidade de Catolé do Rocha. Isso fará com que consigamos manter a comercialização e fazer com que o fluxo de pessoas aumente e faz ainda com que João Dias seja mais vista em todo o Rio Grande do Norte. Vamos ainda criar um calendário turístico para que nossa cidade se torne referência, pois nós temos muita coisa boa para oferecer e ainda não está sendo valorizado, então nossa luta é que João Dias cresça dessa forma.

O Umarizalense: 47 municípios potiguares elegeram uma mulher para governar, inclusive o PSD foi um dos que mais elegeu. Esses números mostram um fortalecimento da participação das mulheres na política. Porque é importante essa participação?

Tássia: De fato a mulher foi muito valorizada nesse ponto. Eu acho que a mulher tem uma sensibilidade maior. Isso é notório. A figura feminina consegue sempre driblar as situações de uma forma menos traumática do que os homens e eu acho que isso já é uma prova de que as mulheres estão garantindo direitos igualitários e isso é muito bom.

O Umarizalense: A senhora é do mesmo partido do governador do estado, Robinson Faria. Terá um apoio mais intensivo do governador em João Dias?

Tássia: Com certeza. Tudo quando é feito com diálogo e apoio se torna mais fácil. Antes de nós assumirmos essa liderança, nós já tínhamos nos aliado ao governador no pleito que o elegeu e a gente quer manter esse vínculo. A gente sabe que precisamos diretamente do Governo do Estado, para que consigamos fazer uma gestão efetiva.

O Umarizalense: Falar agora a nível de Brasil. Crise política, crise economia, como a senhora ver tudo isso que tem acontecido no país?

Tássia: A crise é no país inteiro. Não há como negar que existiram motivos que levaram a ela, mas o momento agora não é mais de reclamar, o momento agora é de tentar unir forças para que a gente consiga sair da crise. Por exemplo, o nordeste é menos favorecido e os interiores ainda menos, então o que eu puder fazer para que abra se abra um diálogo, eu irei fazer independente de quem esteja no poder.

O Umarizalense: Há alguma possibilidade de união da gestão com a oposição e João Dias ao longo do seu governo?

Tássia: A minha pessoa não tem a menor pretensão de brigas políticas, muito pelo contrário. Somos pautados pela união, pela conversa, pelo diálogo. Eu não vejo nenhum motivo para que se haja discordância política quando o povo está na frente.

O Umarizalense: Como o cidadão joãodiense pode contribuir com a gestão?

Tássia: Assim como eu falei durante toda a minha campanha, a nossa política, a nossa gestão será propositiva. Durante a campanha visitei toda a zona rural, toda a cidade e eu via a necessidade do povo. Eu estive em contato direto com o povo e cada lugar que eu visitei eles sabiam das minhas propostas. Foi uma campanha transparente e vamos também fazer uma gestão transparente. Não há motivos para o contrário, então assim a população tem livre acesso a minha pessoa, a minha equipe para podermos construir uma gestão participativa e propositiva que é o que nós já vínhamos dizendo desde o início da campanha.

O Umarizalense: Uma mensagem para toda população de João Dias

Tássia: Eu tenho noção das dificuldades que iremos enfrentar, mas também tenho muita disposição e vontade de trabalhar e acima de tudo eu trago em mim a esperança e o amor que meu pai tinha por essa cidade. Essa chama eu tenho e é mais que uma obrigação, mais que uma promessa: cuidarei da cidade de João Dias como meu pai cuidou, até por que João Dias é a minha terra, é a minha raiz e eu lutarei até onde eu puder para que eu consiga de fato cumprir esta missão.

Do O Umarizalense – Léo Silva

18

Veja Também

© iStock

Como evitar a fome incontrolável durante a TPM

A Tensão Pré-Menstrual (TPM) é um momento de muito desconforto para a mulher. Além da ...