RN atinge meta de redução de homicídios; Em Umarizal, redução foi de 70,6%

A Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed) divulgou nesta quinta-feira (31) um relatório com as estatísticas dos crimes violentos letais no estado. De acordo com os dados, o RN conseguiu reduzir o número de homicídios em 6,5%, valor superior aos 5% previstos pela meta pactuada com o Ministério da Justiça.

De acordo com os dados da Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (Coine), o relatório apontou uma redução de 115 assassinatos no estado. Segundo o relatório, em 2015 foram registrados 1.653 crimes violentos. Em 2014 foram registrados 1.768 casos. Do total de registros de assassinatos ocorridos em 2015, Natal computou um total de 502 casos contra 588, em 2014. Em Mossoró, o número caiu de 193 para 162.

Segundo o relatório apresentado pela Sesed, as maiores reduções ocorreram nas regiões Leste e Oeste do estado. Na região Leste, a queda dos índices foi de 10,7%, enquanto no Oeste, a redução foi de 12,4%.

Ainda de acordo com o relatório, as cidades que tiveram melhor índice de redução foram os municípios de Patu (-77,8%), Umarizal (-70,6%) e Goianinha (-69,2%). Em Natal a redução foi de 14,6%, em Mossoró, de 16,1% e Parnamirim, de 1,5%.

Meta

De acordo com o estabelecido pelo Ministério da Justiça, todos os estados do país tem que adotar medidas para reduzir o número de crimes violentos letais. O ministério definiu uma meta de redução de 5% ao ano. Desde 2004 o estado não conseguia reduzir os índices de homicídio.

Do G1-RN

COMPARTILHAR

Author:

Anterior
Proxima
Anônimo
18 de janeiro de 2016 15:57

Graça a deus tomara que deminua mas ainda

Resposta
avatar
4 de março de 2016 05:56

Bom dia, gostaria de saber o endereço de e-mail do blog para contato.

Resposta
avatar
8 de março de 2016 08:30

Estou a tentar visitar todos os seguidores do Peregrino E Servo, e verifiquei que eu estava a seguir sem foto, por motivo de uma acção do google, tive de voltar a seguir, com outra foto. Aproveito para deixar um fraterno abraço.
António Jesus Batalha.

Resposta
avatar

CONTINUE INFORMADO. ACESSE